Globauto
  • Horário: 09h00 às 12h30 e das 14h00 às 19h00

condições de venda Globauto

CONDIÇÕES DE VENDA

 

1
OBJECTIVO

1.a) A presente visa regular as condições de venda dos bens de consumo comercializados por GLobauto,Lda aos seus clientes.
Esta anula todas as anteriores e estará em vigor até á data da próxima.


2
ENCOMENDAS

2. a) As encomendas são aceites e satisfeitas de acordo com as condições gerais de venda a seguir descriminadas.
2. b) Com o fim de evitar possíveis problemas, os pedidos de material devem ser feitos, sempre que possível, por fax ou nota de encomenda escrita directamente ao vendedor.
2. c) Todas e quaisquer “Encomendas” deverão ter obrigatoriamente identificação da referência a fornecer, como o respectivo número e nome de cliente.
2. d)  O horário de funcionamento para atendimento é das 9 às 13 e das 14 às 18.30 de 2.ª a 6ª Feira.
2. e)  O envio é feito no próprio dia do pedido recepcionado até às 17 Horas, salvo ruptura de stock, sendo o cliente informado de tal facto, salvo ordem em contrário.
2. f)   Os pedidos pendentes, causados por ruptura de stock, salvo folhetos ou artigos pedidos expressamente não se guardarão.
 
3
PREÇOS > ENTREGAS > PORTES

3. a) As tabelas serão actualizadas e/ou ampliadas progressivamente à medida que adicionamos novas referências.
A tabela em vigor anula automaticamente as anteriores e sempre disponíveis no nosso sitio WWW.GLOBAUTO.PT .
3. b) A data de entrada em vigor encontra-se no fim dos preçários. Os preços de venda são os mencionados nos mesmos, salvo existência de erros de impressão e podem ser alterados sem aviso prévio, sendo válidos aqueles que estiverem em vigor na data de entrega da mercadoria. Aconselha-se a utilização da nossa página de Internet como ferramenta de trabalho uma vez que esta contém, obrigatoriamente, toda essa informação actualizada.
3. c) O imposto IVA não está incluído na informação nos nossos preços. ( Portugal : 23 % IVA / Outros países: Isento )
3. d) Os preços consideram-se para as mercadorias levantadas nas nossas instalações. Caso as entregas sejam efectuadas por transportadoras serão acrescentados os respectivos portes, salvo negociações em contrário.
3. e) O documento de transporte será sempre factura, venda a dinheiro, guia de transporte ou equivalente, nos termos do Decreto-Lei nº 147/2003 de 11 de Julho.
3. f) Os preços dos portes serão os que estão em vigor pelas empresas de transporte requisitadas para tal serviço, sendo que para situações consideradas de entregas especiais que normalmente acontecem em grandes superfícies (exigência por parte do destinatário de horário e/ou data específicos para a entrega;
Tempo de entrega no destinatário superior a 20 minutos; Obrigatoriedade de conferência de mercadoria, por produto, pelo destinatário) poderá ser acrescido de 10% sobre o valor do transporte, num mínimo de 2 euros por envio. Após o envio dos produtos, a responsabilidade será da empresa transportadora, quer no caso de extravio, atrasos, perda total ou parcial ou ainda no caso da mesma se encontrar danificada.
3. g) Pode a empresa Globauto-Comércio Internacional, Lda suportar o valor dos portes quando o valor da mercadoria ultrapassar os 400 € (quatrocentos euros) sem I.V.A. Tal situação é negociado caso a caso / cliente a cliente, conforme o material a ser enviado.Para as Ilhas, o material FullBoxs, Hardtops, Protecções de Caixas de Carga, Cofres e Jantes serão situações isoladas a verificar caso a caso. Estas condições mantém-se, excepto quando o cliente solicite que o envio seja realizado pelo seu transportador. No caso de mercadoria paga no acto, tem nesse caso de ser paga antecipadamente.
3. h) A empresa Globauto - Comércio Internacional, Lda NÃO SE RESPONSABILIZA PELOS DANOS CAUSADOS no transporte que eventualmente possam ocorrer.
3. i) Conforme vai mencionado nos volumes, exige-se a confirmação visual do estado da mercadoria e caixas na presença do motorista / transportador e só depois deve ser assinada a guia. No caso de algum dano ou espoliação devem ser feitas, na mesma, as respectivas reservas precisas, completas, datadas e assinadas e enviada cópia para que possamos, assim, resolver todas essas situações. Caso contrário, quer a Globauto - Comércio Internacional, Lda quer o transitário, não aceitarão a reclamação.
3. j) As reclamações só serão aceites mediante verificação do nosso departamento técnico e acompanhadas da cópia da factura. No caso de a reclamação ser aceite, procederemos de acordo com o ponto 5 “Garantia>Devoluções”.
 
4
CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

4. a) O pagamento será por cheque ou transferência bancária, até 30 dias à data da factura, sem desconto. Todos os fornecimentos negociados nesta modalidade não liquidados no seu vencimento estão sujeitos a juros de mora. Não são aceites letras bancárias, pagamentos a 60 dias à data de factura e qualquer outra condição de pagamento só será aceite mediante aprovação escrita do nosso departamento financeiro.
4. b) O não cumprimento do pagamento conforme o estipulado implica que Globauto - Comércio Internacional, Lda reserve o direito de interromper qualquer fornecimento. Será dado pelos nossos serviços de controlo de crédito uma tolerância de 10 (dez) dias para o respectivo pagamento, não significando que se possa considerar um prolongamento do prazo indicado. Os clientes que não tenham conta de crédito terão a seu cargo as despesas de cobrança.4. c) Estabelece-se uma reserva de propriedade sobre os produtos adquiridos a favor de Globauto - Comércio Internacional, Lda. até que o comprador proceda ao pagamento total dos mesmos.
4. d) A concessão de crédito só será feita mediante aprovação do departamento financeiro, beneficiando o cliente do montante estipulado e previsto nas suas condições especiais.
4. e) O crédito só será reatado após o pagamento total das eventuais dívidas, bem como os juros de mora e outras despesas.
4. f) No caso do montante do plafond ter sido ultrapassado, será reatado o fornecimento após pagamento do excedente.
4. g) Se 30 dias após a suspensão de crédito, o mesmo não for regularizado, será comunicado ao nosso serviço de contencioso que procederá ao processo de Injunção cumprindo deste modo o Decreto de Lei nº 32/2003 de 17 de Fevereiro sob a Directiva nº 2000/35/CE. Note-se que ao valor total da dívida será acrescido as despesas de contencioso e juros de mora até à data da sua liquidação. É convencionado o Tribunal Civil da Comarca de Santo Tirso para a resolução de qualquer litígio emergente deste contrato com renúncia a qualquer outro.
4.h) Após o recebimento dos pagamentos em falta, o processo de facturação voltará a ser aberto, pelo qual cobraremos a quantia de 10 € (dez euros) por conta de despesas administrativas.
4. i) O pagamento por cheque deve ter sempre como sacado o titular da nossa conta de cliente, de forma a evitar que este seja recusado. Todas as despesas por cheques devolvidos serão sempre a cargo do cliente e por cada devolução é ainda debitado a quantia de 15 € (quinze euros) mais IVA, por conta de despesas administrativas.
4. j) Estas condições poderão ser alteradas sem aviso prévio .
 
5
GARANTIA > DEVOLUÇÕES

1. a) Conforme Decreto-Lei n.º 67/2003 de 8 de Abril em transposição da directoria n.º 1999/44/CE, do Parlamento Europeu o prazo sobre garantias na venda de bens de consumo, estabelecemos o prazo de 1 (um) ano como período de reclamação.
1. b) Em caso de comprovado o defeito de fabrico ou qualquer anomalia do material, será o artigo defeituoso substituído de imediato e gratuitamente, salvo ruptura de stock. Caso contrário, será emitida nota de crédito e lançada em conta corrente, não havendo direito a pagamento de qualquer indemnização.
1. c) Exclui-se das condições de garantia, outras despesas emergentes do mau ou não funcionamento dos nossos produtos, os artigos que forem mal manipulados.
1. d) Só serão aceites devoluções no caso de terem sido efectuadas até 10 (dez) dias da data da factura, não tiver sido efectuada qualquer aplicação do material, a embalagem estiver rigorosamente intacta, o material sem  qualquer dano e se fizerem acompanhar da respectiva cópia ou número da factura, anexada de uma justificação válida.
1. e) Se o motivo da devolução não for originada pelos nossos serviços, é condição indespensável que o cliente disponha de autorização dos nossos técnicos comerciais para execução e as despesas de transporte serão sempre e sem excepção por conta do cliente, sendo também em alguns casos a mercadoria reenviada para o cliente e noutras a diminuição de 10% para despesas de acondicionamento.
1. f)  No caso de divergência, remetemos para as condições de garantia do fabricante.

 


 

. COMUNICADO EBC BRAKES sobre a garantia dos seus produtos

 

 

 

 

 

 


Globauto - Comércio internacional, lda
Rua Narciso José Machado Guimarães, 564
Pavilhão A2 - Apartado 50
4795-089 Vila das Aves


T: +351 252 820 530
E: info@globauto.pt

GPS:
41.367469, -8.400571